Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 25 de janeiro de 2022

 


A Polícia Civil indiciou nesta terça-feira (25) o proprietário de um laboratório de análises clínicas suspeito de descartar em via pública os materiais de resíduos hospitalares, como tubos para exames de sangue. Os produtos foram encontrados em um terreno situado no município de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Após receber uma denúncia da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Cascavel sobre um terreno baldio onde havia cera de dois galões de 20 litros contendo vários tubos de coleta de sangue, os investigadores da Polícia Civil foram ao local e encontraram o material exposto.

Após um trabalho de inteligência, os agentes conseguiram identificar que os materiais pertenciam a um laboratório do município. O proprietário do estabelecimento foi indiciado por crime ambiental.

O delegado Josafat Filho, titular da Delegacia de Cascavel, explicou que a responsabilidade criminal da Pessoa Jurídica (no caso específico, do laboratório) só é possível em crimes ambientais.

“É obrigação do laboratório dar o destino final correto, conforme a lei, aos resíduos produzidos. A empresa, na sua atividade, não agiu corretamente, por ato de seu sócio-diretor, motivo pelo qual foi indiciada”, disse. 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire