Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 7 de março de 2022

A descoberta foi em fevereiro deste ano. Francisco Samuel Costa Martins, que estudou na escola Profissionalizante no curso de redes, analisou o sistema solar em imagens de telescópio pelo computador de casa, no bairro Nova Aldeota em Ipu

 


Um jovem de 20 anos, estudante universitário da cidade de Ipu (CE), em parceria com um colega de Juiz de Fora se inspirou na estudante de Pires Ferreira, Maria Larissa Pereira Paiva (Larittrix) e se inscreveu ano passado em uma caçada internacional de asteroide. O projeto é realizado em parceria com a "The International Astronomical Search Collaboration."

O resultado do estudo e pesquisa resultou na descoberta de um asteroide inédito. Francisco Samuel Costa Martins, morador no bairro Nova Aldeota e Washigton Oliveira, (36) participaram da campanha "International Asteroid Search Campingn" e utilizando um software conseguiram descobrir o corpo celeste próximo da terra.

Para realizar a buscar pelos asteroides é usado o software Astrometrica no qual através dele os dois amigos analisam as imagens enviadas pelo IASC (Colaboração Internacional de Pesquisa Astronômica, em tradução literal), coordenado pela Nasa.

Jovem ganha certificado de participação
da análise de imagens do Pan-STARRS.
 

Samuel ressalta que o feito se deu graças a uma essencial ajuda no manuseio do software do grupo de divulgação científica no qual o mesmo faz parte como embaixador, que se se chama INSPACE.

O ipuense disse que aguarda a confirmação por parte da NASA da descoberta para poder só então nomear o asteroide. "Depois de alguns anos em consenso podemos escolher um nome para ele, caso confirmado pela NASA." disse.

 

A imagem acima é um exemplo de como é dentro do software. Depois que começa a campanha a qual o usuário se inscreveu, é enviado pacotes de imagens para os membros da equipe, para que as imagens possam ser são baixadas no programa. "Você tem que animar as 4 imagens, porque cada foto é uma posição diferente e se você conseguir achar um objeto pulando 4 vezes pode ser um possível asteroide" explica Samuel.

O mineiro Washigton Oliveira, parceiro do ipuense na descoberta





 

Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire