Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 10 de março de 2022

 Escola em Fortaleza recebe reforço policial após ameaça contra alunos — Foto: Leabem Monteiro/Arquivo pessoal

A escola de ensino médio Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, no Bairro Montese, em Fortaleza, recebeu reforço policial na manhã desta quinta-feira (10), após alunos da unidade receberem áudios com suposta ameaça.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, equipes da Polícia Militar visitaram a escola. Os policiais militares constataram que as aulas ocorreram normalmente. Além da parte investigativa e de inteligência, a área conta com o policiamento ostensivo.

A Secretaria da Segurança afirmou que, em casos de ameaças concretas, um boletim de ocorrência (BO) deve ser registrado em uma unidade da Polícia Civil.

Ainda de acordo com a pasta, a segurança na região também foi reforçada com equipes do Comando de policiamento.

Denúncias

A Secretaria da Segurança afirma que população pode contribuir com a investigação repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3101-2954, do 11º Distrito Policial. O sigilo e o anonimato são garantidos

As informações podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública, ou para o (85) 3101-0181, o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire