Ministério da Saúde incorpora remédio Paxlovid ao SUS para tratamento de pacientes com coronavirus


 
 
O medicamento da Pfizer-BioNTech, Paxlovid, composto pelos antivirais nirmatrelvir e ritonavir, foi incluído no Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento de casos leves a moderados e com alto risco de complicações da Covid-19.

A incorporação do comprimido, que tem o objetivo de prevenir internações, complicações e mortes pela doença pandêmica, foi anunciada pelo Ministério da Saúde.

Segundo a Pasta, o remédio via oral será disponibilizado para pacientes adultos imunocomprometidos ou com idade igual ou superior a 65 anos. Ele poderá ser utilizado apenas em caso de teste positivo e em até cinco dias após início dos sintomas.

Enquanto o nirmatrelvir impede a proliferação do vírus, o ritonavir inibe a ação de uma enzima que degrada o antiviral anterior, fazendo com que ele fique mais tempo na corrente sanguínea do paciente.

 
UOL
Tags