Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 8 de junho de 2022

 Bombeiros resgatam cobra jararaca em posto de combustíveis na cidade de Ipueiras, no interior do Ceará, no dia 24 de maio. — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) resgatou 4.383 animais no estado de janeiro a maio de 2022, segundo o balanço divulgado pela corporação nesta terça-feira (7). As cobras lideram o ranking, correspondendo à média de 60% a 65% dos resgates.

Conforme os bombeiros, durante os cinco primeiros meses, os agentes resgataram pelo menos 2.244 cobras e serpentes nas cidades. O número pode ser ainda maior, já que no mês de janeiro não foi feito um detalhamento dos animais.

Durante o período, os répteis deste tipo foram encontrados nos mais variados locais, como no ar-condicionado de uma casa, no motor de uma motocicleta, em banheiros de shoppings, em muro de residência, entre outros locais.

Se destacam entre esses resgates o comprimento do animal, como no caso da jiboia de aproximadamente 3 metros de comprimento, pesando em torno de 16 quilos, encontrada no alpendre de uma casa após uma família ser alertada pela cadela de estimação, da serpente mais venenosa do Brasil, resgatada pelos bombeiros no quarto de uma residência na Região Metropolitana de Fortaleza e da jararaca encontrada em um posto de combustíveis, no interior do Estado.

Os gatos aparecem em segundo lugar, com 681 resgatados, correspondendo de 10 a 15% das ocorrências. Depois aparecem os cachorros, com 137 resgates, os gambás-de-orelha-branca, também conhecidos como cassacos, com 135 resgates, as aves, com 61 resgates, entre outros. No período os bombeiros também pegaram nove jacarés e uma onça. São, pelo menos, de 15 a 30 tipos diferentes de animais.

Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros, o mês com o maior número de resgates foi em maio, com mil animais resgatados nas regiões atendidas pela corporação.

"Em média o Batalhão de Busca e Salvamento, em Fortaleza, vem resgatando da 200 a 250 animais por mês este ano. No 3º Batalhão, que atua nos Inhamuns e em parte do sertão e região Norte com o litoral, as cidades que mais resgatam são Sobral e Crateús. No 4º Batalhão que atua no Vale do Jaguaribe, litoral e Centro Sul, os maiores números são de Iguatu e Limoeiro do Norte. Já no 5º Batalhão que atua no Cariri, Crato e Juazeiro do Norte praticamente tem os mesmos números, pois são vizinhos e atuam muito em conjunto", disse os bombeiros.

Balanço do ano passado

Durante o ano de 2021, o CBMCE resgatou 6.252 animais em todo o território estadual. Entre as espécies estão cobras, cavalos, jacarés, gatos-mouriscos, gambás, raposas, entre outros.

O balanço do ano passado é superior aos anos de 2019 e 2020, quando a corporação resgatou 3.919 e 5.217 animais, respectivamente. 

 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire