Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 11 de junho de 2022

Entre os remédios descartados irregularmente em rua de Fortaleza estão analgésicos, pomadas, além de seringas, soros e documentações de prefeituras cearenses. — Foto: Reprodução
 

Centenas de medicamentos com prazos de validade vencidos, caixas com material hospitalar e documentos foram jogados no cruzamento das ruas Crisanto Moreira da Rocha e São Raimundo, no Bairro Cambeba, em Fortaleza, na manhã desta sexta-feira (10).

É o segundo episódio registrado na capital em 12 dias. Em 29 de maio, populares também encontraram medicamentos fora do prazo de validade descartados de forma irregular em uma calçada da Rua Ministro Joaquim Barros, no Bairro de Fátima.

Entre os remédios encontrados no Cambeba estavam analgésicos, antitérmicos, além de seringas, soros e pastas com documentos de prefeituras de vários municípios cearenses. A maioria da documentação é referente a prefeitura do Eusébio, município na Região Metropolitana de Fortaleza.

Entre os remédios descartados irregularmente em rua de Fortaleza estão analgésicos, pomadas, além de seringas, soros e documentações de prefeituras cearenses. — Foto: Reprodução

Conforme a Prefeitura do Eusébio, a Secretaria de Saúde do município "desconhece e estranha essa situação". O órgão afirma que há uma rotina de acompanhamento dos medicamentos com validade próxima a expirar e possui contrato vigente com empresa especializada em coleta e descarte de lixo hospitalar.

Ainda segundo a prefeitura, uma equipe da Vigilância Sanitária do Eusébio foi ao local indicado, onde encontrou grande quantidade de produtos farmacológicos com prazo de validade vencido entre os anos 2013 a 2016, descartados inadequadamente a céu aberto.

"A equipe anotou de modo amostral 08 (oito) tipos de produtos farmacológicos – dos muitos que se tinha neste ambiente, para aferição dos lotes de modo a rastrear a origem destes produtos, cuja descrição constará detalhada no Boletim de Ocorrência que será lavrado na Delegacia de Polícia Civil de Eusébio", disse a prefeitura.

Já a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que é de responsabilidade do município fiscalizar o descarte regular de medicamentos. 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire