Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 13 de junho de 2022

 Resistência ao uso de máscara pode levar a multa no Ceará. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

Passa a valer a partir desta segunda-feira (13), em todo o Ceará, novo decreto de enfrentamento à Covid-19, que recomenda o uso de máscaras em ambientes fechados, incluindo instituições de ensino, e em locais abertos que possibilitem aglomeração. A medida foi tomada pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia para conter o aumento de casos positivos para a doença observado em todo o Brasil.

O decreto estabelece as seguintes medidas:

  • Recomendação de uso de máscara em ambientes fechados, "especialmente ambientes escolares"
  • Recomendação de uso de máscara em locais abertos com aglomeração ou com maior proximidade de pessoas

Há também situações em que o uso da máscara continua obrigatório:

  • Uso obrigatório de máscara em transporte público
  • Uso obrigatório também em equipamentos de saúde, como hospitais, clínicas e UPAs
  • Recomendação de uso de máscara para idosos, pessoas com comorbidade ou com o sintoma de gripe

Conforme a governadora, a ampliação da medida é uma forma de evitar que o número de novos casos da Covid-19 se mantenha em alta.

Ceará recomenda uso de máscara em ambientes escolares

Aumento dos casos da doença e vacinação

O secretário da Saúde, Marcos Gadelha, que esteve ao lado da governadora, afirmou que o índice de testes positivos para a Covid subiu de 3,8% para 10,7% entre 22 de maio e 5 de junho. Ou seja, atualmente, de cada 10 pessoas que fazem o teste, uma confirma ter Covid.

"Apesar do cenário de aumento da positividade de casos, isso não tem se refletido no número de casos graves nem internação. E não tem esse reflexo exatamente porque temos um ótimo índice de vacinação e temos que avançar mais ainda", disse o secretário.

"Ceará já aplicou 20.517.062 doses desde o início da campanha de vacinação. A nossa taxa de cobertura com a dose de reforço está em 65%, é bem melhor que em outros locais, mas não é ideal. Precisamos aumentar esse índice para ser uma barreira imunológica", completou Izolda Cela.

No Ceará, 212 mil pessoas não foram receber sequer a primeira dose da vacina, e 1,2 milhão de pessoas devem retornar aos pontos de vacinação para receber a dose de reforço. 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire