Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 15 de junho de 2022


As denúncias de violência contra idosos no Ceará aumentaram 67% de 2019 para 2020, primeiro ano de pandemia.

Segundo dados do Disque 100, o número foi de 1.956 casos em 2019 para 3.286 em 2020. Em 2021, o aumento se manteve, com 3.302 denúncias computadas pelo serviço de proteção aos direitos humanos. O Brasil chegou a mais de 80 mil denúncias de violações de direitos desse público em 2021. Segundo os dados disponibilizados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o principal tipo de violação são maus-tratos. Em 2020 e 2021, essa categoria foi a mais denunciada, com 3.325 casos somados nos últimos dois anos. Agressões psicológicas e físicas e abuso financeiro também estão entre os principais crimes denunciados. É possível traçar um perfil das vítimas e dos agressores com base nos dados disponibilizados pela pasta ministerial do ano de 2021. Desses idosos, a maior parte são mulheres (66%).

As violações geralmente ocorrem dentro de uma casa dividida entre a vítima e o suspeito (55,17%); e os agressores, em maioria, são os próprios filhos (51%). “Tem uma característica que muitas dessas violações ocorrem em ambiente familiar. Você tem uma situação de grande desigualdade social e muitos conflitos acontecem entre as famílias”, diz o promotor de justiça Alexandre Alcântara. Ele é coordenador auxiliar do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (Caocidadania) do Ministério Público do Ceará.



(O Povo)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire