Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 4 de agosto de 2022

 

Duas irmãs de 9 e 7 anos relataram para o Conselho Tutelar que tiveram as mãos queimadas pela própria mãe porque teriam comido uma caixa de leite condensado sem autorização. O caso aconteceu em Rio Verde, região sudoeste de Goiás.

O conselheiro tutelar Marcos Alexandre Soares de Oliveira contou ao Metrópoles que recebeu a denúncia na noite de segunda-feira (1/8). As agressões teriam ocorrido na noite de domingo. A mãe teria esquentado uma colher no fogo e queimado a palma da mão direita de cada criança.

“As crianças saíram nos vizinhos pedindo pomada para passar na mão porque estava ardendo muito, por isso o pessoal ficou sabendo e denunciou. Até então, a mãe não tinha tomado providência com os machucados”, contou o conselheiro.

Investigação

O nome da mãe não foi divulgado para preservar a identidade das crianças. Fotos mostram que as queimaduras provocaram bolhas nas mãos das vítimas. Inicialmente, a mãe negou que tivesse agredido as filhas e apresentou uma versão diferente. Ela disse que saiu para comprar arroz e deixou uma panela no fogão. As duas crianças teriam encostado nessa panela.

No entanto, as crianças relataram o crime quando foram com a genitora até o Conselho Tutelar. A mãe acabou confessando na delegacia da Polícia Civil, que investiga o caso. A família será acompanhada pelo Juizado de Infância e pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

 

(Metrópoles)

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire