Quadrilha furta dados de cartões de crédito em plataformas e-commerce

 Material apreendido durante operação da PF contra crimes cibernéticos(foto: Divulgação Polí...

A Polícia Federal (PF) cumpre, nesta terça-feira, 9, 16 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão no Ceará e mais três estados. Operação é contra quadrilha especializada em furtar dados de cartões de créditos em plataformas e-commerce. Conforme a PF, os dados são vendidos em sites mantidos pelos suspeitos e usados para compras fraudulentas, que podem ter gerado prejuízo de R$ 125 milhões a instituições bancárias e comércios. 

A primeira fase da operação Singular foi deflagrada ainda em 2019. De posse das primeiras informações e com a execução de modernas técnicas de investigação digital da Deepweb, a PF conseguiu identificar os envolvidos na organização criminosa de abrangência nacional. Os mandados estão sendo cumpridos no Ceará, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. 

Conforme as investigações, os valores obtidos com o esquema criminoso são movimentados, principalmente, em criptoativos. A segunda fase da operação, deflagrada nesta terça, prevê a busca desse recurso.   

De acordo com a PF, os investigados poderão responder pelos crimes de organização criminosa, cujas penas são de 3 a 8 anos de reclusão; bem como de furto qualificado, com penas de 2 a 8 anos de reclusão, sem prejuízo de outros delitos que venham a ser apurados.

 

 

(O Povo)

Tags