Pesquisadores do IFCE desenvolvem app de educação ambiental para Jeri

 Foto de apoio ilustrativo. Pôr do sol em Jeri(foto: FCO FONTENELE)

Professores e estudantes do campus Crato do Instituto Federal do Ceará (IFCE) desenvolveram um aplicativo de mapeamento ambiental e georreferenciamento destinado aos turistas que visitam Jericoacoara, a 300 km de Fortaleza. Com a tecnologia, chamada Ecomapss, os visitantes têm acesso a informações sobre as principais trilhas do parque, bem como locais cujo acesso é feito de carro. O aplicativo está disponível para o sistema Android e IOS

A ação é uma parceria entre o Parque Nacional de Jericoacoara, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e os campi de Crato e Camocim do IFCE.

Para o aplicativo, também foram mapeados mais de 40 pontos de interesse, como cavernas, formações rochosas, lagoas, além de histórias, contos e saberes da região.

O aplicativo utiliza a geolocalização do usuário como referência para informar sobre os pontos de interesse. Enquanto o usuário caminha ou transita pela região, os pontos vão aparecendo no celular para que o turista possa conferir as informações.

“O EcoMapss pode contribuir para um turismo de olhar mais cuidadoso com a praia, com a orla, com os monumentos naturais, com as pessoas nativas. O app os ajuda a perceber que os recursos naturais podem e devem ser preservados, se o turismo for mais voltado para um olhar de convivência harmônica”, ressaltou a professora Brisa Cabral, uma das coordenadoras do projeto.

Segundo a professora, além de o aplicativo contribuir para os turistas, a iniciativa também poderá ser usufruída pelos moradores da vila, como uma ferramenta de educação ambiental, cultural e patrimonial.

Ações em outros pontos

Além do Parque Nacional de Jericoacoara, o EcoMapss já está disponível em 11 pontos turísticos do Ceará e também na Pedra do Claranã, em Bodocó (PE).

No Ceará, contam com o projeto os visitantes do Parque do Cocó, da Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) do Sítio Curió e da Praça Luiza Távora, em Fortaleza; do Parque Estadual Sítio Fundão, no Crato; da Arie das Águas Emendadas, em Tauá; do Parque Botânico, em Caucaia; do Parque das Timbaúbas, em Juazeiro do Norte; e do Geopark Araripe.

 

 

(O Povo)

Tags