Agente da PRF morre após cair de viaduto em tentativa de assalto no Rio

 agente da prf morto

 

O policial rodoviário federal Bruno Vanzan Nunes, de 41 anos, morreu na tarde dessa quinta-feira (27) após ser baleado ao reagir a uma tentativa de assalto e cair de um viaduto da Transolímpica, em Magalhães Bastos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. 

Conforme a PRF, que lamentou em nota o falecimento do agente, Bruno ingressou na instituição em 2004 e atualmente estava lotado na 7ª Delegacia, em Resende. 

"Sempre se destacou pela competência, eficiência e disponibilidade, durante o período em que exerceu suas funções", ressaltou o comunicado.

Bruno deixa esposa e dois filhos, a quem a PRF manifestou solidariedade. A corporação frisou ainda que está empenhada em obter informações sobre os responsáveis pela morte do agente. A Delegacia de Homicídios da Capital também investiga o crime. 

A Polícia Militar informou, na tarde dessa quinta-feira, que agentes do 14° batalhão (Bangu) e unidades do 2° Comando de Policiamento da Área, com o apoio da PRF realizavam uma operação na área da Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Até a manhã desta sexta-feira (28), porém, nenhum suspeito foi preso. O Disque-Denúncia divulgou, inclusive, uma recompensa de R$ 5 mil para quem repassar informações sobre os envolvidos na morte do agente. A denúncia pode ser enviada para o 2253.1177 ou 0300 253 1177.

 

 

(Diário do Nordeste)

Postagens mais visitadas