Candidata derrotada no Ceará comemorou terrorismo em Brasília: ‘invadimos o Congresso'

Pérpetua Aguiar, candidata derrotada nas eleições do Ceará, comemorou durante participação nos atos antidemocráticos em Brasília. — Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

A fisioterapeuta Maria Do Perpétuo Socorro Aguiar Germano, candidata derrotada a deputada estadual no Ceará nas eleições de 2022, participou e comemorou o terrorismo de bolsonaristas radicais que invadiram o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto neste domingo (8).

Nas imagens, Pérpetua Aguiar, como é conhecida, aparece sorridente e comemorando, enquanto caminha na área externa do Congresso. Na ocasião, ela também ofendeu o presidente Lula, chamando-o de "vagabundo" e dizendo que ele não entraria mais no Palácio do Planalto.

Natural da cidade de Crateús, no interior do Ceará, Perpétua Aguiar é filiada ao Partido Liberal (PL) e declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 750.812. Nas eleições do ano passado ela obteve 1.100 votos o que foi insuficiente para ela se eleger a deputada estadual.

Na publicação feita em Brasília, Perpétua pediu para os seguidores compartilharem as imagens. Já na manhã desta segunda-feira (9) o perfil dela não estava mais disponível.

Atos terroristas em Brasília

Bolsonaristas radicais invadiram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto, neste domingo (8), após entrar em confronto com a Polícia Militar na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Os participantes de atos antidemocráticos estavam com pedaços de paus e pedras.

Policiais militares tentaram conter os bolsonaristas com uso de spray de pimenta, no entanto, eles invadiram a área de contenção que cercava o Congresso Nacional. Imagens do local mostram que um veículo da Força Nacional caiu no espelho d'água do Congresso.

Vidraças da sede do Congresso foram quebradas. Os bolsonaristas radicais alcançaram o Salão Verde da Câmara dos Deputados, área que dá acesso ao plenário da Casa.

Os policiais também usaram bombas de efeito moral na tentativa de conter os participantes do ato antidemocrático. 

 

 

 (G1/CE)

Postagens mais visitadas