Você está em: Home CEARA Campanha de vacinação contra Influenza chega a 16% da meta no Ceará


A procura pela vacina contra Influenza, incluindo o subtipo H1N1, apesar de ainda continuar intensa, foi menos tumultuada durante o dia de ontem nos postos de saúde de Fortaleza. Hoje, todos os postos da Capital devem realizar a imunização dos grupos prioritários em horário normal. Amanhã, 1º de maio, devido ao feriado do Dia do Trabalhador, os postos estarão fechados.  

Conforme o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (Sipni), atualizado diariamente, o Ceará já vacinou 366.564 pessoas. Isso representa 16% da meta, que é alcançar 2.286.637 imunizados na rede pública até 1º de junho. Divididos por grupo, em ordem, estão idosos (164.357), crianças (87.877), trabalhadores de saúde (61.718), professores (22.853) e gestantes (18.289). O Estado tem o melhor desempenho do Nordeste e o 6º do País.

Segundo Vanessa Soldatelli, coordenadora de imunização da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a estimativa é de que pelo menos 200 mil pessoas tenham sido vacinadas na Capital. Segundo ela, os dados devem ser consolidados hoje, após repasse das informações das regionais para o sistema. “Até sábado, a procura ainda foi bem intensa nos postos. Tivemos uma média de 1,2 mil doses aplicadas por unidade. Temos vacina suficiente até quarta-feira. Acho que na quarta ou na quinta deve chegar outro lote e ser distribuído”, explica Vanessa. Depois de ter se antecipado ao calendário nacional e iniciado a vacinação no último dia 20, chegando a ter postos desabastecidos no meio da semana, o Ceará recebeu mais 176 mil doses na sexta-feira, 27. Destas, 42 mil foram para Fortaleza. Com a terceira remessa de vacinas, Fortaleza chega a 43,6% do total esperado.   

Quem chegou ao Posto de Saúde Paulo Marcelo, no Centro, durante a manhã, esperou, em média, meia hora para entrar na unidade. De dez em dez, os que aguardavam na parte de fora eram encaminhados para as salas de vacinação, três para idosos e uma para crianças. No primeiro fim de semana de campanha, no mesmo local, a fila fazia volta no quarteirão. “Todo ano que tem vacina eu venho. Moro aqui perto. Até que tá rápido, é o primeiro posto que eu procuro”, disse o aposentado Francisco Gilmar Linhares, 72.   

Na unidade Irmã Hercília, no São João do Tauape, em visita do O POVO, não havia fila na parte externa do prédio. A aposentada Maria Araújo Dantas, 75, disse que o atendimento foi rápido. “Eu tinha vindo antes, mas não tinha chegado”.   

No posto Dr. Luiz Costa, no Benfica, o movimento também foi considerado “mais tranquilo”. “Já tinha procurado na semana passada em outro posto, mas não tinha. Soube que tinha aqui, me vacinei, e voltei para trazer minhas netas”, conta Marieta Pedrosa, 59.   

Os coordenadores dos postos de saúde frisam a importância de levar documento que comprove a atuação profissional, no caso de professores, e doenças crônicas não transmissíveis ou outras condições clínicas especiais, como prescrição médica.   

Na clínica particular Núbia Jacó, na Aldeota, o movimento dentro da unidade era intenso ontem, porém sem fila externa, como no fim de semana anterior. A clínica funciona normalmente hoje, mas fecha amanhã.  

O H1N1 provocou 11 mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Ceará. O dado foi divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) na sexta-feira, 27, em boletim. Do total, quatro mortes foram registradas em Fortaleza. Eusébio (2), Aracati (1), Iracema (1), Milhã (1), Paraipaba (1) e Solonópole (1) também tiveram ocorrências. (Colaborou Isaac de Oliveira) 

IMUNIZAÇÃO 

A vacina disponível na rede pública protege contra os três subtipos (H1N1, H3N2 e tipo B). Porém, tem maior eficácia para o H1N1. A duração da imunização é em torno de um ano. O melhor período de imunidade contra a doença é entre o primeiro e o quinto mês. Para elaboração da vacina, a OMS recolhe amostras dos vírus Influenza em todo o mundo e aponta quais os tipos estão mais aptos a circular. CONTRAINDICAÇÃO  

Nos casos de febre alta (acima de 39ºC) e doenças ou remédios que alteram a imunidade. GRUPOS PRIORITÁRIOS  

> Crianças a partir de 6 meses até completar 5 anos > Idosos de 60 ou mais > Gestantes e puérperas até 45 dias pós-parto > Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, como pacientes com obesidade grau 3, e outras condições clínicas especiais (deverão apresentar receita recente de medicação que comprove a situação) > População Indígena > Trabalhadores de Saúde > Professores do ensino público ou privado (mediante comprovação profissional) > Funcionários do sistema prisional > Pessoas privadas de liberdade, incluindo adolescentes sob medidas socioeducativas 
CRIANÇAS  

A primeira imunização de crianças com menos de 9 anos requer duas doses, explica a coordenadora de imunização da Sesa, Ana Vilma Leite Braga. Se tiver tomado em ano anterior, só é necessária uma dose. De seis meses a menos de três anos, toma duas vacinas de 0,25 ml com intervalo de 30 dias. De três anos a menos de 9, são duas doses de 0,5 ml com intervalo de 30 dias. VACINA NA REDE PÚBLICA  

> Segunda-feira, 30 Todos os 110 postos de saúde devem disponibilizar vacina das 7h30min às 18h30min. > Terça-feira, 1º (feriado Todos os postos de saúde estarão fechados Veja a lista de postos de saúde de Fortaleza na internet: bit.ly/postosdesaudefortaleza Veja a lista de postos de referência para atendimento à Influenza embit.ly/postosparainfluenza VACINA PARTICULAR
Clínica de Vacinação Dr. Núbia Jacó (Rua Osvaldo Cruz, 1089, Aldeota) Quando: Hoje, das 8 às 19 horas. Amanhã,1º, não irá funcionar Valor: R (quadrivalente) e R (trivalente)  


Diário do Nordeste
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire