Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo Bandeira // 1 de novembro de 2018


Um bando foi preso nesta segunda-feira suspeito de aplicar o "golpe da panela", a venda de utensílios doméstico com preço abaixo do valor e a clonagem de cartões de clientes. Com o grupo a polícia apreendeu nove veículos de luxo. Eles foram presos em uma pousada de luxo no Eusébio, na Grande Fortaleza.

A prisão do grupo foi realizada durante abordagem policial em uma pousada no Bairro Porto das Dunas, área nobre de Eusébio, no litoral cearense.

No pátio da pousada, os policiais recolheram nove veículos, incluindo dois VW Amarok, dois Toyota Hilux, um Mercedes Benz C180FF, um Toyota Corolla, dois VW Gol e um Fiat Strada.

A ação policial foi iniciada a partir de informações de que um grupo de ciganos viajava o Brasil vendendo panelas e faqueiros. Ainda conforme levantamentos, quando o grupo conseguia convencer a vítima a comprar o produto, os suspeitos se aproveitavam da finalização da compra para clonar os cartões das vítimas. O grupo estava no Ceará desde sexta-feira (26).

Com base nos levantamentos, as equipes entraram no estabelecimento até que um dos ciganos abordou a delegada Márcia Janine, responsável pelas investigações, oferecendo dois faqueiros pelo preço de um.

Tentativa de golpear delegada

Durante a negociação, o suspeito alegou que precisava vender o material para não pagar excesso de bagagem no aeroporto. Em toda a negociação, a delegada recusava o preço. “Quanto mais eu recusava, mais ele baixava o preço”, revela a delegada Márcia Janine. Em todo o instante, o suspeito segurava a máquina de cartão na mão, querendo fechar a venda para passar o cartão.

O grupo era formado por adultos, adolescentes e até crianças de colo. Todo o material apreendido durante a abordagem foi recolhido dentro dos quartos alugados na pousada. Ao todo, foram apreendidos 100 caixas com maletas (kit cozinha), sete chips de operadoras de celular, dez folhas de cheque em branco, 59 faqueiros, 14 máquinas de pagamento via cartão, 17 celulares e R$ 2.400 em espécie.


Os suspeitos foram autuados com base nos crimes de estelionato e organização criminosa, do Código Penal Brasileiro, e por fazer declaração falsa ou omitir declaração sobre rendas, bens ou fatos, ou empregar outra fraude, para eximir-se, total ou parcialmente, de pagamento de tributo, conforme Lei de Crimes contra Ordem Tributária.

G1 CE
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire