Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 28 de novembro de 2018


Jefferson Mateus Aguiar Luciano, de 20 anos, foi condenado na noite desta terça-feira (27) a 28 anos de prisão pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Caririaçu por conta de uma ação penal por homicídio qualificado. Ele foi denunciado pelo Ministério Público e pronunciado pela justiça em virtude do seu envolvimento no assassinato à bala de Sayure Alves Nobre, de 18 anos. 

A vítima foi morta com um tiro na cabeça no dia 11 de agosto de 2017. O corpo da jovem foi encontrado por populares em um lixão do município. O delegado apurou com testemunhas que Sayure foi vista entrando no carro de Jefferson antes do crime. 

Após o crime, Jefferson Mateus se tornou o principal suspeito a partir do depoimentos de familiares de Sayure Alves à polícia na época. Ele estava então com 19 anos e estaria iniciando um relacionamento com Sayure. 

Segundo a família da vítima, ao sair de casa, a vítima teria dito que iria encontrar Jefferson. Ele foi preso seis dias depois.
 
"Eu ainda estou muito abalada e despedaçada por dentro, por ver tudo isso e não poder fazer nada", lamenta Isabel Cristina, 41, mãe da vítima.
(G1)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire