Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 7 de fevereiro de 2019


O temporal que atingiu todo o estado do Rio de Janeiro na noite de quarta-feira (6), com ventos de até 110 quilômetros por hora (km/h) já causou a morte de pelo menos cinco pessoas.

Segundo informou há pouco, em entrevista coletiva, o prefeito Marcelo Crivella, duas pessoas morreram em Pedra de Guaratiba, na zona oeste, em consequência do desabamento de uma casa. Duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Lourenço Jorge.

Na favela da Rocinha, em São Conrado, na zona sul, uma pessoa morreu em decorrência de uma queda de barreira. Na favela do Vidigal, na Avenida Niemeyer, a queda de um muro matou outra pessoa. Ainda no Vidigal, a queda de uma árvore nas rochas matou uma jovem, que ficou presa entre as ferragens de um ônibus praticamente destruído.

O número de mortos, no entanto, pode chegar a seis: há suspeita de que uma segunda pessoa ainda se encontre entre as ferragens do mesmo ônibus. Os bombeiros ainda estão no local tentando encontrar o corpo, já que a parte da frente do coletivo ficou totalmente destruída.

Fortes chuvas atingem o Rio de Janeiro desde a noite desta quarta-feira (6). O temporal derrubou árvores, causou alagamentos em ruas e em estabelecimentos comerciais, interditou vias e deixou bairros às escuras.

Por volta das 22h desta quarta, o município entrou em estágio de crise, denominação adotada quando "há previsão de chuva forte, ocasionalmente muito forte nas próximas horas, podendo, inclusive, causar múltiplos alagamentos e deslizamentos, além de transtornos generalizados em uma ou mais regiões da cidade", segundo a Prefeitura.

Equipes de emergência estão espalhadas pela cidade atuando para amenizar os efeitos do temporal.


(Diário do Nordeste)
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire