Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 7 de fevereiro de 2019

 
Dois dias antes do rompimento da barragem de Brumadinho (MG), a Vale já havia identificado problemas nos dados de sensores responsáveis por monitorar a estrutura. Segundo reportagem da TV Globo, isso é o que mostra uma troca de e-mails entre profissionais da Vale e duas empresas ligadas à segurança da barragem.
Os e-mails foram identificados pela Polícia Federal, e a Globo teve acesso aos depoimentos prestados por André Jum Yassuda e Makoto Namba, dois engenheiros da empresa TÜV SÜD, responsáveis por laudos de estabilidade da barragem. Os advogados deles disseram que não vão comentar.
No depoimento, o engenheiro Makoto Namba relatou uma reunião com funcionários da Vale sobre o laudo de estabilidade assinado por ele. Namba disse que um funcionário da Vale chamado Alexandre Campanha perguntou a ele: “A TÜV SÜD vai assinar ou não a declaração de estabilidade?”.
Segundo ele, “apesar de ter dado esta resposta para Alexandre Campanha, o declarante sentiu a frase proferida pelo mesmo e descrita neste termo como uma maneira de pressionar o declarante e a TÜV SÜD a assinar a declaração de condição de estabilidade sob o risco de perderem o contrato”.

UOL

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire