Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 18 de março de 2019


As famílias que foram retiradas das residências, em Ubajara, só devem retornar para casa depois da autorização da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e da Agência Nacional das Águas (ANA), segundo a prefeitura da cidade. Desde sábado, 513 famílias estão sendo retiradas de suas residências em localidades próximas ao açude Granjeiro, cuja estrutura está danificada e pode romper, conforme avaliação da Defesa Civil.

Nesta segunda-feira (18) os trabalhos de retirada das famílias foram retomados, mas há quem resista a sair. Uma equipe de assistentes sociais e psicólogos foi enviada pela Prefeitura de Ubajara com objetivo de levar os moradores do local para os abrigos. De acordo com o secretário de assistência social de Ubajara, Jairo Araújo, ainda existem pessoas que não querem deixar suas residências.

Ainda de acordo com o secretário, cerca de 250 famílias ja foram retiradas. A maioria foi para casas de parentes e 81 pessoas ficaram alojadas no Santuário da Mãe Rainha, distante da área de risco.. 





(Diário do Nordeste)
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire