Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 14 de maio de 2019


A delegada Anarda Pinheiro Araújo, titular da delegacia da Polícia Civil em Pedra Branca, divulgou o retrato falado oficial de “Zé do Valério“, como é conhecido o vaqueiro José Pereira da Costa. Ele é apontado como suspeito do estupro e assassinato da universitária Danielle de Oliveira Silva, 20 anos. Ela foi encontrada morta na manhã de 25 de abril, em um matagal, nas proximidades da propriedade rural da sua família, em Pedra Branca, no Sertão Central.

Passados 19 dias, o cerco e as buscas continuam na região do Sertão Central, abrangendo o município onde o crime ocorreu, Senador Pompeu e Quixeramobim, onde há maior possibilidade de o foragido da Justiça estar escondido. O objetivo é encurralar “Zé do Valério” até ele não resistir mais à fome e à sede e se entregar à Polícia.

Alerta

Entretanto, além de estar armado, com dois revólveres calibre 38 e também uma espingarda, a Polícia suspeita que Zé do Valério está recebendo auxílio de outras pessoas, principalmente quanto a alimentação e água. “Ajudar quem está sendo procurado por crime também é crime, de favorecimento pessoal, e pode ser preso. Estamos investigando isso também, ressalta a delegada.

Denúncias anônimas

Para auxiliar na captura do suspeito a Polícia Civil está está fornecendo o telefone (88) 3515 1599, o Whats App (88) 9947 1321 e o número de urgência da Polícia Militar, 190, para denúncias anônimas.



(Diário do Nordeste)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire