Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 20 de setembro de 2019



O Governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) defendeu o fim da visita íntima para presidiários no 1º Encontro Nacional de Diretores de Departamentos de Homicídios.

Na mesma ocasião Witzel também afirmou existir um déficit nacional de 300 mil vagas nos presídios e defendeu um aumento no tempo máximo de prisão, que, segundo seu entendimento, deveria ser de 50 anos, informa o Globo.


“A pena para criminosos do crime organizado não pode ser 35 anos, tem que ser 50 anos. O sistema que ele tem que ficar preso não pode ter visita íntima. Perdeu a liberdade? Tem que perder a liberdade sexual. Onde é que nós estamos com a cabeça? Você tira a liberdade do sujeito, mas não tira a liberdade sexual dele. O que é isso? Perdeu sim”, disse o governador.


O Globo

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire