Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 23 de abril de 2020


Com três novos registros de casos em um dia, o município de Santa Quitéria alcançou a marca de sete pessoas contaminadas em decorrência da Covid-19. A informação foi divulgada pelo secretário de saúde, Diego Timbó, na tarde desta quarta-feira (22). A Secretaria passou a intensificar a busca ativa de pessoas sintomáticas e realizar os testes rápidos.

11 testes foram feitos hoje, sendo que três deram positivo. Pela primeira vez, os locais onde os pacientes moram foi divulgado pela pasta. A situação mais agravada é no bairro Primavera, que conta com quatro casos. "Isso preocupa, porque pelos nossos estudos, nenhum desses tem nenhuma interligação, nenhum teve contato da mesma pessoa, são casos diferentes", afirmou Diego.

  • Primavera: 04 casos
  • Boa Vida: 02 casos
  • Piracicaba: 01 caso
Nos cinco casos suspeitos, três pessoas estão internadas.
  • Flores: 01 caso (internado no Hospital Regional Norte)
  • Piracicaba: 01 caso (internado no Hospital da Unimed)
  • Boa Vida: 01 caso
  • Pereiros: 01 caso
  • Centro: 01 caso (internado no Hospital Municipal)
Outras 29 foram descartadas. O secretário considerou que foram poucos testes rápidos enviados para o Município e que aguarda a chegada de mais 48. A Prefeitura Municipal também pretende adquirir mais testes, em caráter de urgência. Todos os casos confirmados e suspeitos estão sendo acompanhados.

(A Voz de Santa Quitéria)
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire