Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 6 de maio de 2020

 
A mulher que espalhou "fake news" pelas redes sociais sobre caixões de vítimas da covid-19 que estariam sendo enterrados somente com pedras e madeira se apresentou à polícia nesta terça-feira (5).
Procurada pelas autoridades, ela se apresentou na delegacia da Polícia Civil de Jacutinga, a cerca de 400km de Belo Horizonte, acompanhada de um advogado, e pediu desculpas. 
No vídeo, em tom de deboche, a mulher diz que Belo Horizonte está "infestado de coronavírus" e que caixões foram enterrados com pedras e madeiras. 
Aqui em Minas está acontecendo um caso muito engraçado. Principalmente em BH. Você sabe quem é o prefeito de BH, né? Estao enterrando um monte de gente com coronavírus em BH. A própria familia está enterrando, para não ter aglomeração. Mandaram ir lá e arrancar todos os caixão (sic) para poder fazer o exame para ver se é coronavírus mesmo. E sabe o que tem dentro dos caixão (sic)? Pedra e madeira. Palhacaça não é não?"
Mais cedo, em entrevista coletiva, delegados da Polícia Civil de Minas Gerais disseram que ela poderá responder por três crimes e ser condenada a até nove anos de prisão.

R7
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire