Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 14 de maio de 2020


A deputada estadual Augusta Brito (PC do B) classificou, nesta quinta-feira (14), como grave a denúncia do Sindicato dos Médicos sobre pressões para emissão de laudos de óbitos por coronavírus e pediu uma reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa para ouvir o presidente da entidade, Edmar Fernandes.

O Sindicato dos Médicos do Ceará denunciou que vem recebendo denúncias de que os profissionais estariam sendo pressionados a atestarem o resultado dos óbitos como
“suspeita de COVID-19”, sem que se façam quaisquer exames mais precisos. ‘’Diante da gravidade da situação, a entidade apresentou um Pedido de Providência, nesta quarta-feira (13), à Promotoria de Justiça da Saúde Pública do Ministério Público Estadual do Ceará, com objetivo de investigar as informações’’, destaca a nota do Sindicato.

O presidente da Mesa Diretora, José Sarto (PDT), acatou o pedido de Augusta Brito e determinou, durante a sessão remota desta quinta-feira (14), para o Departamento Legislativo da Assembleia adotou providências sobre a realização do debate pela Comissão de Saúde com o objetivo de ouvir o Sindicato dos Médicos.

(Ceará Agora)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire