Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 14 de junho de 2020


Mesmo sendo o município com segundo maior número de mortes por Covid-19, somando 228 vidas, além do terceiro maior número de casos por Covid-19 no Ceará, contabilizando 2.974 diagnósticos, o município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, continua com pontos de lazer com grande fluxo de pessoas.


Neste domingo (14), vídeo gravado na Lagoa do Cauípe, um dos principais destinos turísticos do município, mostra dezenas de veículos estacionados ao longo da faixa de areia, com música alta tocando, pessoas dançando e até mesmo um quadriciclo atravessando a área.

Em nota, a prefeitura de Caucaia informou que "realiza diariamente por todo o município fiscalizações em estabelecimentos comerciais que não estão autorizados a funcionar devido a pandemia causada pelo novo coronavírus, além de um trabalho de conscientização da população, em casos de aglomeração, sobre a importância do isolamento social".

As ações de fiscalização na cidade acontecem em parceria com a Guarda Municipal de Caucaia, a Autarquia Municipal de Trânsito da cidade e a Polícia Militar, segundo a prefeitura.
A gestão municipal eslcreceu ainda que, além do telefone 190, denúncias de aglomerações podem ser feitas 24 horas por dia pelo telefone da Guarda Municipal (3342-7644) e pelo número de WhatsApp do 12° Batalhão da Polícia Militar de Caucaia (98439.0398), sempre com o código de área 85.

Capital cearense

Em Fortaleza, a situação também não foi diferente em locais como a Praia dos Crush. Banhistas desrespeitaram os decretos estadual e municipal que ainda mantêm o isolamento das pessoas, e comparaceram à praia como um domingo habitual, a maioria sem máscaras de proteção que ajudam a impedir a transmissão do novo coronavírus.


Movimentação intensa de banhistas na Praia dos Crush durante isoalmente social contra o coronavírus
Legenda: Adultos e crianças foram flagrados na orla
Foto: Fabiane de Paula

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) informou, por meio de nota, que iria reforça a fiscalização no período da tarde, quando o movimento tende a ficar maior. O órgão declarou que realiza, diariamente, o monitoramento da Avenida Beira-Mar, com abordagens educativas, distribuição de máscaras de proteção e panfletos educativos, e disponibilizando a higienização de mãos com álcool em gel 70%.

 Ceará atinge 76,8 mil casos e 4,8 mil mortes por Covid-19; recuperados são 56,3 mil
"Na manhã deste domingo (14), os agentes abordaram cerca de 300 pessoas e distribuíram 160 máscaras de proteção. A fiscalização será intensificada no período da tarde, quando o movimento tende a ficar maior", disse a Agefis em comunicado.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, também por nota, que equipes do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas, na manhã deste domingo, para dispersar pessoas que estavam descumprindo o decreto de isolamento social na Praia de Iracema – Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) de Fortaleza.

De acordo com os militares, as pessoas foram abordadas e orientadas sobre as medidas que têm o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). O patrulhamento na região segue e conta com uma base de fiscalização da Polícia Militar do Ceará.

Citando a reportagem do Diário do Nordeste a respeito do tema, o governador Camilo Santana se pronunciou por meio das redes sociais sobre o descumprimento das normas por parte da população. "Muitas pessoas continuam ignorando os seguidos alertas de que a situação não é de normalidade. A pandemia continua. Já conversei com nossas equipes e RC (prefeito Roberto Cláudio) com as da prefeitura para intensificar a fiscalização. Mas se não houver a colaboração de todos, tudo ficará muito mais difícil", disse.

Reiterou ainda que as próximas fases do plano de retorno da economia em Fortaleza dependem dos bons resultados no combate ao novo coronavírus, o que pode ser comprometido pela desobediência aos decretos. "

E, repito o que temos dito: o processo de retomada só avançará se os números da Covid não voltarem a subir. E isso só ocorrerá se houver a conscientização de todos. A economia é muito importante. As pessoas precisam trabalhar. Mas, sem a saúde sob controle, não há vida normal".


Diário do Nordeste
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire