Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 21 de junho de 2020


Restaurantes de Fortaleza poderão abrir para serviços internos e atendimento presencial no almoço a partir de segunda-feira (22), conforme estabelecido pelo decreto nº 33.631 do governo do Ceará, que prevê o início da segunda fase do plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais na capital. Com o avanço, o segmento retoma funcionamento em horários específicos, limite de pessoas por mesa, sem música ao vivo e espaço kids. Os estabelecimentos instalados em praças de alimentação nos shoppings deverão seguir o mesmo protocolo. 

O governador Camilo Santana anunciou em live no sábado (20) que Fortaleza vai para fase 2 do plano de retomada da economia, sendo que municípios da região metropolitana seguem para a primeira fase. Todo o restante do estado está na etapa de transição, exceto Juazeiro do Norte e Sobral, que ficam em isolamento social rígido por mais sete dias. 

Entre as medidas de segurança exigidas para reabrir as portas, os restaurantes deverão funcionar a partir das 9h para trabalhos internos e das 11h às 16h para clientes. As empresas deverão aferir a temperatura dos clientes e barrar a entrada daqueles que estiverem com quadro febril (superior a 37,5º). 

Um tapete sanitizante do tipo pedilúvio deve ser preparado diariamente para a limpeza dos calçados de quem entrar no local. Em casos de fila de espera, a marcação de distanciamento de dois metros entre cada indivíduo deve ser frequente, com um funcionário designado para fazer esse controle 

Os estabelecimentos só podem funcionar com até 50% da capacidade, além de utilizar do limite de duas pessoas por mesa (até quatro, se forem da mesma família). As mesas, inclusive, devem ter um distanciamento de dois metros entre si. Além das máscaras, que todos devem utilizar, os garçons devem ser equipados com viseiras de proteção “Face Shields” - é recomendado ainda limitar as interações ao somente necessário. 

Também na nova etapa, os clientes em atendimento, quando sentados à mesa, poderão retirar as máscaras exclusivamente para a alimentação. Os espaços devem garantir álcool em gel disponível durante o funcionamento e fazer aferição de temperatura na entrada, como uma maneira de evitar a disseminação do novo coronavírus. 

Restaurantes situados em barracas de praia ou similares, por exemplo, ainda não possuem autorização para retorno nesta fase. 

O protocolo de práticas sanitárias para o segmento ainda estabelece que a realização de eventos e celebrações nesses restaurantes, e até apresentações de música ao vivo permanecem proibidas. Dessa forma, espaços de recreação entre crianças, comuns em alguns estabelecimentos, devem permanecer fechados. 

Uma série de medidas diárias de higienização de ambientes, equipamentos e utensílios. Entre eles, com o intuito de permitir a circulação de ar e dificultar a transmissão pelo SARS-CoV-2, ambientes como a cozinha e o salão dos restaurantes devem optar, de preferência, pela ventilação natural. Nos casos em que o uso do ar-condicionado é indispensável, os filtros do mesmo devem ser limpos cotidianamente, assim como o período entre manutenções deve ser menor que o usual. 



 (G1/CE)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire