Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 27 de junho de 2020

No total, em Fortaleza já foram confirmados 3.347 óbitos por Covid-19. Segundo Boletim da Secretaria Municipal da Saúde, há uma consolidação da tendência de redução constante e progressiva das mortes 



A média diária de mortes por Covid em Fortaleza vem diminuindo desde a semana epidemiológia 20 - do dia 10 ao dia 16 de maio. No ápice da curva de óbitos, à época, a Capital registrou, em média, 86 mortes por dia. De lá para cá, a média diária de mortes de pessoas infectadas com o vírus, passou para 74 na semana 21; 54 na semana 22; e 34 na semana 23. Em junho, na semana do dia 7 ao dia 13, a redução, também ocorreu, mas foi menor. Naquele momento a média era de 20 mortes a cada 24h. Na semana epidemiológica 25 - do dia 14 ao dia 20 junho, a média chegou a 13 óbitos por dia. 

Os dados constam no Boletim Epidemiológico semanal da Covid-19 divulgado, nesta sexta-feira (26), pela Secretaria Municipal de Saúde. No total, em Fortaleza já foram confirmados 3.347 óbitos por Covid-19. As mortes ocorreram em todos os bairros da Capital. 

Conforme o boletim, os dados demonstram consolidação da tendência de redução constante e progressiva dos eventos fatais a cada 24 horas. No entanto, o documento registra "uma discreta mudança do padrão de redução da média diária de óbitos também é detectada entre as semanas 24 e 25, “deslocando” sutilmente a curva". 

Em relação ao número de casos, a média diária semanal de novas confirmações na Capital também continua em declínio. Mas, diz o boletim "nas três últimas semanas a redução de casos diários perdeu velocidade em relação às imediatamente anteriores", embora  a tendência de queda também persista.
Na semana epidemiológica 25 - do dia 14 ao dia 20 de junho - , a média foi de 93 casos a cada 24h. No pico, do dia 26 de abril ao dia 2 de maio, Fortaleza teve média de 786 confirmações de Covid por dia. 

Mortes por Covid-19 em Fortaleza

Segundo o boletim, a hipótese de que o período correspondente ao platô (pico) de casos tenha ocorrido entre as Semanas Epidemiológicas 17 e 19 (19/04 - 09/05), e de óbitos entre as Semanas Epidemiológicas 19 e 22 (03/05 a 30/05) se confirmou. 

A SMS ressalta ainda que esta análise já poderia capturar parcialmente os possívis efeitos da Fase de Transição - dia 1 a 7 de junho - e da Fase 1 - do dia 8 a 21 de junho - do Protocolo de Flexibilização. E "até o momento, não evidenciamos mudanças importantes nas tendências epidemiológicas que pudessem ser associadas às referidas etapas, com exceção da atenuação do ritmo de queda de casos e óbitos nas três últimas semanas, que deve ser rigorosamente monitorado". 

A Secretaria alerta que, apesar da queda dos casos e óbitos, essa tendência pode ser revertida por fatores externos como a diminuição das taxas de isolamento social. 

Diário do Nordeste
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire