Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 4 de junho de 2020


O Ministério Público do Estado do Ceará divulgou nesta terça-feira (02) que 70 municípios estão sendo fiscalizados pelo órgão, em relação aos contratos de aquisição de bens e serviços para o combate à pandemia do novo coronavírus. Diante de representações e denúncias dirigidas às promotorias, o MP acompanha de perto a instalação de hospitais de campanha, a compra de respiradores, testes, EPIs e de outros insumos e a distribuição de cestas básicas.

Hidrolândia é uma das cidades que integra essa lista. Através de um procedimento administrativo, a promotora Milvânia de Paula Britto Santiago recomendou que a Prefeitura Municipal disponibilize em seu site oficial, todos os gastos públicos direcionados à pandemia.

Consulta feita no portal pelo A Voz de Santa Quitéria indica apenas uma única despesa paga, sendo de R$ 56,9 mil, à Santa Cruz Distribuidora (Sobral) pela aquisição de materiais de limpeza, laboratorial e proteção individual.

Além desta, outras duas empresas foram contratadas com dispensa de licitação: a Conferência Têxtil (Fortaleza), por R$ 43,7‬ mil para a fabricação de 25 mil máscaras e a Loka Eventos (Reriutaba), por R$ 30 mil para fornecer estruturas para as barreiras sanitárias e ações educativas.

O último boletim municipal, divulgado na segunda-feira (1º), apontava 21 casos confirmados e dois óbitos. 10 pessos permanecem sob suspeita.


(A Voz de Santa Quitéria)
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire