Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 16 de junho de 2020


Um quinto perfil com conteúdo pornográfico infantojuvenil foi retirado do ar nesta segunda-feira (15). A ação foi realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Departamento de Inteligência Policial (DIP), em mais uma ação de combate aos crimes contra crianças e adolescentes. Essa foi a quinta ação, em menos de três meses, realizada pelo DIP, em parceria com a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), com o objetivo de evitar a propagação desse tipo de conteúdo.

As denúncias foram repassadas por outros usuários da rede social que pediam investigações sobre o caso. Imediatamente os policiais civis passaram a investigar e conseguiram tirar do ar o perfil com o conteúdo criminoso. Mesmo com a retirada do perfil, os policiais seguem investigando o fato com o intuito de descobrir a origem do material, bem como o autor do crime. As investigações seguem com a Dceca, com apoio do DIP.

Ações anteriores

Esta é a quinta ação de derrubada de perfis com conteúdo criminoso ocorrida em menos de três meses. No último dia 02 de junho, uma conta ativa no Instagram foi retirada do ar. Já no dia 18 de maio, dedicado ao combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes, os policiais civis derrubaram um perfil de um usuário do Instagram que compartilhava centenas de imagens com conteúdo pornográfico infantojuvenil. Em março deste ano, nos dias 22 e 29, a PCCE derrubou um perfil de um usuário do Instagram que continha conteúdo similar e uma página na rede social Facebook que, além de propagar conteúdo pornográfico infantil, fazia apologia a crimes como estupro e violência contra idosos, mulheres e crianças. Antes de ser derrubada, a página possuía 172 mil seguidores. Os responsáveis pelo conteúdo criminoso são investigados, bem como os adeptos da página.

O que diz a lei?

Art. 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA): É crime oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. A pena prevista é de reclusão, de três a seis anos, e multa.



(SSPDS)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire