Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 7 de junho de 2020

 
Um suspeito de matar o subtenente da Polícia Militar em uma tentativa de assalto no Bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza, foi localizado e morto durante uma operação policial, na tarde deste sábado (5). A Polícia Militar afirmou que houve confronto entre os agentes e o suspeito.
O subtenente do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Francisco Augusto da Silva, 46 anos, saía de casa para trabalhar e foi atingido por disparos por volta das 5h da manhã. Silva foi socorrido por um vizinho e levado ao Hospital Frotinha do bairro Parangaba. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.
Ainda conforme a PM, o suspeito foi localizado no Parque Santana e tentou se esconder em um matagal. Durante a abordagem, houve troca de tiros e ele foi lesionado. O homem, conhecido como José Roberto, chegou a ser levado à Unidade de Pronto Atendimento do Canindezinho.
O suspeito roubou um carro e fugiu logo após o crime. O veículo foi acompanhado pelo sistema SPIA, da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), e localizado no cruzamento das ruas Álvaro Chaves com Nórdica, próximo ao balão do Mondubim. Foi por meio desse videomonitoramento que os agentes também localizaram o homem, por volta de 13h. Uma pistola foi apreendida com ele.
As equipes de segurança seguem com as buscas para identificar os outros suspeitos envolvidos e localizar as armas que foram roubadas na ação, que eram do subtenente. 
 
O POVO
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire