Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 4 de junho de 2020

 

Uma ação realizada por equipes das forças de segurança em Sobral resultou na prisão de quatro suspeitos de envolvimento no furto ocorrido nessa terça-feira (2), em uma escola de música situada no Centro do município, pertencente à Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado. 

Instrumentos musicais e outros equipamentos de som subtraídos do local foram encontrados durante as buscas, que contaram com a participação de equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Guarda Civil Municipal (GCM). O caso foi registrado na Delegacia Regional de Sobral da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foi instaurado inquérito referente à participação de cada um no crime.

O trabalho de buscas teve início logo após o diretor da instituição entrar em contato com a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Ele comunicou o arrombamento do local e detalhou o furto de vários objetos, entre instrumentos musicais, equipamentos de som e eletrônicos. Equipes da PMCE e da GCM foram acionadas e seguiram até a escola, onde foram feitos os levantamentos iniciais. A partir daí, foram iniciadas as diligências.

Ainda durante a manhã, os militares foram informados sobre indivíduos tentando vender caixas de som. Segundo o que foi passado, os homens estavam com os equipamentos em um carrinho de supermercado. A composição foi até o ponto indicado, no bairro Tamarindo, e logo encontrou as duas caixas em uma calçada. O material foi recolhido e os policiais continuaram as buscas. Nas proximidades do local onde as caixas foram encontradas, a equipe do motopatrulhamento avistou um indivíduo levando um carrinho de supermercado. O homem foi abordado pelos policiais para prestar esclarecimentos na unidade da Polícia Civil. Ainda durante o patrulhamento, outra equipe localizou mais uma caixa amplificadora e duas guitarras, mas nenhum suspeito foi localizado.

O homem que estava com o carrinho foi levado para a Delegacia Regional de Sobral, onde prestou esclarecimentos à autoridade policial responsável. Ele foi liberado após o depoimento, por não existir comprovação de sua participação no crime contra a instituição e na venda dos materiais.
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire