Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 31 de julho de 2020


Após testagens da Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte (Sesau), 49 idosos de um único abrigo da cidade foram diagnosticados com o novo coronavírus. No início de julho, oito tiveram exame positivo para Covid-19. Já nesta semana, após nova visita, mais 41 moradores foram confirmados com a virose. Todos estão em tratamento no Hospital de Campanha do Município. Além disso, duas mortes estão sob investigação. 

Os casos foram encontrados no Albergue Sagrada Família, que, no início do mês, foi alvo de uma inspeção virtual e remota pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte. A vistoria verificou se a instituição adotou as medidas de prevenção e cuidados para disseminação do novo coronavírus. 


Após a inspeção, foi constatado que oito idosos testaram positivo para a doeça. Todos foram encaminhados para tratamento na Unidade de Combate ao Covid-19, na Lagoa Seca, e já estão recuperados. Porém, na última segunda-feira (27), a equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) esteve realizando novos testes e detectou mais 41 idosos infectados. 

O município já soma mais de 10 mil casos confirmados da doença e está em lockdown. De março até hoje, as forças de segurança estaduais e municipais atenderam um total de 2.486 ocorrências na região do Cariri em descumprimento às medidas de combate à Covid-19.


 (Diário do Nordeste)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire