Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 28 de julho de 2020

Fortaleza registrou ventos com 41,76 km/h (Foto: Camila de Almeida em 25/07/2019)
Iguatu registrou a maior rajada de ventos nas últimas 48 horas, com 42,48km/h observados. Em seguida, Fortaleza e Morada tiveram igualmente 41,76 km/h, segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O alerta para a intensificação dos ventos foi emitido pela Marinha do Brasil na manhã do domingo 26. De acordo com a Funceme, o fenômeno de aumento na intensidade dos ventos é comum nesse período de pós-estação e atinge o seu auge entre agosto e setembro.
“Com o fim do período chuvoso alguns fatores influenciam a elevação da intensidade dos ventos. O primeiro e mais importante é o deslocamento do Sistema de Alta Pressão Atmosférica do Oceano Atlântico Sul em direção ao Nordeste do Brasil; e o segundo é a redução na nebulosidade”, destaca Meiry Sakamoto, gerente de meteorologia da Funceme.
Ela acrescenta que, nesta época do ano, o Ceará fica “no meio do caminho” entre a Alta Pressão do Atlântico Sul e a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), fazendo com que os ventos alísios fiquem mais intensos e constantes. Também influencia no aumento dessa intensidade, a falta de obstáculos na superfície do mar, como montanhas e serras. Por isso, as áreas oceânicas apresentam maior velocidade do vento em comparação com o continente.
Segundo Meiry Sakamoto, nessa época do ano, os pescadores de Fortaleza costumam ficar mais cautelosos, por ter mais dificuldades de retornar do mar. “Além de mais intensos, os ventos sopram numa direção diferente, do continente para o oceano. Também é uma época onde aumenta o risco de quedas de árvores e destelhamentos por conta das fortes rajadas”, destaca. Confira as maiores rajadas entre as 10 horas do sábado, até o mesmo horário desta segunda-feira:
Iguatu - 42,48 kmh/
Fortaleza - 41,76 km/h
Morada Nova - 41,76 km/h
Barbalha - 41,04 km/h
Tauá - 41,04 km/h
Tianguá - 40,68 km/h
Jaguaruana - 37,8 km/h
Crateús - 37,44 km/h
Sobral - 33,84 km/h
Navegantes devem verificar condições do tempo antes de irem ao mar
Em uma semana, o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) emitiu três alertas de ventos fortes para o Ceará. Segundo o órgão, a intensificação dos ventos alísios que está sendo observada nos últimos dias é típica desta época do ano. Apesar de ser um fenômeno comum, a Marinha do Brasil destaca que mantém o acompanhamento da área marítima de forma a alertar navegantes sobre as más condições do tempo.
“As Normas da Autoridade Marítima para as Atividades de Meteorologia Marítima (Normam-19), preconiza que os ventos com intensidade igual ou superior a 28 nós (força 7 na escala Beaufort ou aproximadamente 52 km/h) devem ser avisados aos navegantes”, frisa em nota.
Além de serem transmitidos por satélite e por meio de radiofrequências, os avisos de mau tempo estão disponíveis aos navegantes no endereço eletrônico da Marinha.
Adicionalmente, as informações meteorológicas podem ser visualizadasna página do Serviço Meteorológico Marinho no Facebook e por meio do aplicativo "Boletim ao Mar". Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se dirigirem ao mar.
O POVO Online
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire