Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 28 de julho de 2020


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) divulgou, na manhã desta sexta-feira (24), o balanço da segunda fase da operação “Dominus” deflagrada em Fortaleza e no Interior Norte, visando ao combate às organizações criminosas (orcrim) e à lavagem de dinheiro. Em torno de R$ 1 milhão em bens e duas armas de fogo foram apreendidos pelos investigadores, que cumpriram 16 mandados de busca e apreensão nessa quinta-feira (23). Três pessoas foram capturadas, sendo duas pessoas em Itapipoca e outra em Fortaleza.

As investigações que subsidiaram a ‘Dominus’ foram conduzidas pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). A primeira etapa da operação ocorreu em 4 de janeiro de 2018, quando os policiais civis da Draco prenderam Francisco Talvane Teixeira (45), em Itapipoca, na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Ceará. Na época, o homem era alvo da delegacia especializada sob suspeita de chefiar o tráfico de drogas no município. Talvane foi executado no dia 26 de abril de 2019, em Fortaleza, quando cumpria medida cautelar imposta pelo Poder Judiciário, deixando vaga a posição de chefia do grupo criminoso.

Em continuidade aos trabalhos policiais, a Draco focou na desarticulação do grupo de Talvane e nas prisões de pessoas que ascenderiam ao cargo de chefia após a sua morte. De posse de todos os indícios, os investigadores da Draco, com o apoio dos departamentos Técnico Operacional (DTO), de Polícia Judiciária Especializada (DPJE) e de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI Norte), realizaram a segunda fase da ‘Dominus’ em quatro cidades: Fortaleza, Amontada, Bela Cruz e Itapipoca. Entre os presos, está o atual chefe do grupo.

“A operação teve como finalidade mapear o fluxo financeiro representado por Francisco Talvane, que movimentava uma quantia em dinheiro oriunda de crimes. Com a morte do chefe dessa organização criminosa, a Draco continuou as investigações para identificar a cadeia sucessória do grupo. Então, ontem, cumprimos os mandados de busca e apreensão em Fortaleza e na Região Norte, que resultaram nas apreensões de veículos de luxos dessa grande quantia em dinheiro e de outros bens”, explica o delegado geral da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Marcus Rattacaso.



(SSPDS)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire