Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 7 de agosto de 2020

O Banco Central do Brasil estuda elaborar alguma ação especial que envolva a figura do cachorro vira-lata caramelo, após uma campanha online pedindo que o animal estampasse a nova nota de R$ 200 no lugar do lobo-guará. As informações são do portal UOL.

Em entrevista ao portal, a diretora de administração do BC, Carolina de Assis Barros, afirmou: “Não há como mudar o padrão monetário, mas o Banco Central entende que essa causa é importante. Estamos estudando alguma ação com o vira-lata caramelo”.

As afirmações de Assis vêm num momento em que a campanha ganha grandes proporções, com uma petição online pelo vira-lata caramelo na nota de R$ 200 com quase 50 mil assinaturas.

O deputado federal Fred Costa, do Patriota de Minas Gerais, que trabalha em prol dos direitos animais, é quem lidera esse movimento, como autor da petição.

Segundo reportagem do UOL, Costa chegou ter uma reunião com a direção do BC, pedindo pelo vira-lata na nota de R$ 200, e teria saído da conversa com a promessa de ações de combate aos maus-tratos de animais, com a possibilidade até, segundo Costa, de uma “edição comemorativa” de uma nota com o cachorro.

Na petição, o autor escreve: "Não descartamos a relevância do lobo-guará na história e na fauna brasileiras, porém o cachorro vira-lata está mais relacionado ao cotidiano dos brasileiros e, além disso, é presente em todas as regiões do país”.



Yahoo
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire