Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 27 de agosto de 2020


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) participou, na manhã desta quarta-feira (26), de uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Estado do Piauí (PCPI) contra um grupo criminoso investigado por uma série de condutas relacionadas a compras fraudulentas com cartões de crédito de terceiros. Além do Ceará e do Piauí, mandados de prisão e também de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ) no estado carioca. Em território cearense, foram empregadas equipes de investigadores do Departamento de Inteligência Policial (DIP) e do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM).

A Operação Saldo Fraudulento foi coordenada a partir de um inquérito policial conduzido pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática da Polícia Civil do Piauí. Os carders, como são popularmente chamadas as pessoas envolvidas nesse esquema, acessam dados bancários e pessoais das vítimas. A partir dessas informações, eles realizam compras online, fazem solicitações de segunda via de cartões e empréstimos, gerando prejuízos a pessoas físicas, comerciantes e ao sistema financeiro.

No total, foram cumpridos cinco mandados de prisão e quatro mandados de busca e apreensão nos três estados. Em território cearense, a ação ocorreu no Centro de Fortaleza, na Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4). Os policiais civis cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Ítalo Santos Lima (30); e um mandado de prisão temporária contra Vivyane Fonseca Praciano (26). Todos por crime de estelionato.

Uma terceira pessoa foi conduzida, sendo um homem de 40 anos que estava com um vasto material, como impressoras e computadores que possivelmente eram utilizados na produção dos documentos falsos. Um inquérito policial por portaria foi lavrado pelo 34° Distrito Policial (DP) visando apurar o fato. Ainda durante as diligências, um veículo de modelo Ford Ka de cor cinza também foi apreendido após ser detectado durante as investigações como o carro utilizado pelos suspeitos durante os golpes.

O diretor de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil do Ceará destaca a importância da integração entre instituições de estados diferentes, no intuito de identificar e prender suspeitos envolvidos em crimes que transcendem divisas. “As Polícias Civis de todo o Brasil tem compartilhado diuturnamente informações sobre as ações criminosas dos carders, tanto no que diz a respeito aos crimes propriamente ditos, quanto à presença desses indivíduos nos respectivos Estados. É muito comum que eles tentem sair de seus locais de origem para continuarem as práticas criminosas em outros territórios, tentando furtar-se da ação da Polícia e da Justiça. Com a integração entre as Polícias Civis do Brasil, os mesmos acabam sendo rastreados e presos”, destaca.



(SSPDS)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire