Você está em: REGIONAL // Notícia de Anselmo // 21 de agosto de 2020


Em decisão proferida em junho, a justiça determinou, mais uma vez, o bloqueio de bens do prefeito, Osvaldo Neto e outros duas pessoas até o montante de R$18.790,00.

O Juiz da Comarca de Reriutaba determinou o bloqueio de bens do prefeito Osvaldo Neto e de mais outras duas pessoas por suspeita de dano ao erário.

A denúncia é de que o prefeito tenha mantido na folha de pagamento da prefeitura ao menos dois servidores que não prestaram serviço para o município, sendo um desses servidores inclusive, uma prima que reside e trabalha em Fortaleza.


Os funcionários fantasmas recebiam mensalmente em suas contas salários oriundos da prefeitura de Reriutaba, sendo cessado após ação do Promotor de Justiça de Reriutaba.


Vale ressaltar, que esta não é a primeira vez que o prefeito tem seus bens bloqueados e que tampouco esse é o o único processo por improbidade administrativa a que ele responde, pois no início de sua gestão o prefeito teve por ordem judicial bloqueio de bens e afastamento de secretários sendo dois deles esposa e cunhado.

Diário de Reriutaba.
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire