Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 12 de agosto de 2020


A possível associação entre a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, a SIM-P, e a Covid-19 continua sendo investigada pelo Ministério da Saúde.

Em todo o mundo, 300 relatos da SIM-P foram identificados em último levantamento. No Brasil, o Ceará lidera o número de casos da síndrome que pode ser causada pela infecção do novo coronaírus. Segundo o Ministério da Saúde, quase 30 crianças estão sendo observadas no Estado. A pediatra Vanuza Chagas descreve que o problema é semelhante à doença conhecida como Kawazaki.

No número de casos, o Ceará fica atrás apenas do Rio de Janeiro, Pará e Piauí. A pediatra destaca como ponto positivo para o tratamento da doença, a descoberta precoce e acompanhamento por parte dos profissionais de saúde.

A pediatra Vanuza Chagas reforça que a febre alta é um sintoma que requer muita atenção e recomenda que após três dias com temperatura elevada, os pais encaminhem a criança para atendimento médico.

Crianças e adolescentes, entre sete meses e 16 anos, infectados pelo novo coronavírus e que apresentam os sintomas da síndrome devem ser notificados, de acordo com nova medida de vigilância em saúde.


(CNews)
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire