Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 16 de setembro de 2020


Há algumas semanas um caso chocou o Brasil inteiro, isso porque uma jovem chamada Flávia Godinho, que estava grávida havia sumido e logo depois foi encontrada sem vida e seu bebê roubado de sua barriga. A vítima foi encontrada em uma fábrica abandonada na cidade de Canelinha com a barriga aberta e sem vida.


Em defesa da acusada do crime se chama Rosalba Grimm, que também é ré confessa, a defesa disse que quer que seja realizado um exame psiquiátrico para atestar que a assassina não estava em suas plenas faculdades mentais quando matou Flavia.


O pedido foi acatado pelo Juiz responsável pelo processo, Dr. Luiz Fernando Pereira de Oliveira. Segundo o artigo 149 do Código de Processo Penal, “quando houver dúvida sobre a integridade mental do acusado, o juiz ordenará, de ofício ou a requerimento do Ministério Público, do defensor, do curador, do ascendente, descendente, irmão ou cônjuge do acusado, seja este submetido a exame médico-legal”.


(ACGNEWS)
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire