Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 1 de setembro de 2020


O retorno às aulas presenciais nesta terça-feira (1), foi realmente tímido. As salas ficaram bem vazias, mas isso facilitou a manutenção da distância entre as crianças. Os cuidados começaram ainda na entrada, com a higienização das mochilas, mas os prédios receberam outras adaptações para receber os estudantes. O Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Ceará (Sinepe-CE) estima que 20% das escolas de ensino infantil já começaram a funcionar novamente.

Uma escola no bairro Meireles, entregou um manual desenvolvido sob a supervisão de uma médica infectologista. O uso da tecnologia também se mantém como aliado, não somente para quem optou por manter o ensino remoto, mas para ajudar a evitar aglomerações na hora do lanche, com auxílio do cardápio virtual. “Todos os ambientes foram sinalizados corretamente, respeitando as regras estabelecidas pelos órgãos de saúde e os professores e demais colaboradores vêm sendo treinados desde o início do período de isolamento. Estamos seguros de que, com isso, continuarão a desenvolver suas funções com a qualidade que estudantes e famílias confiam, tendo a tecnologia como aliada”, explica o diretor Sávio Paz.

Os pais que confiaram nas escolas não se arrependeram. A administradora Tércia Amorim levou o filho de cinco anos. O irmão, de três anos, só retorna na quinta-feira (3). Os dois, segundo a mãe, estavam animados e com muita saudade do colégio. Para Albertina Marques, outra mãe, parecia ser a primeira vez que ela deixava seu filho na escola.

Foram quase cinco meses sem aulas presenciais. A expectativa para rever os colegas e professores, no entanto, não provocou aglomerações. De acordo com o protocolo estadual, os gestores devem ficar atentos às recomendações. Em caso de infecções de até dois alunos na mesma sala de aula, a classe será interditada. Em caso de contaminações com alunos de salas diferentes, as atividades devem ser suspensas no prédio.

Com a reabertura e o respeito ao percentual de 30%, as salas terão, no máximo, seis alunos e o modo presencial será realizado com escala dos alunos. As salas possuem pias, de modo a facilitar o trabalho de higienização. A escola recomendará ainda que os pais enviem máscaras em quantidade suficiente, para garantir a troca a cada duas horas.


Com informações de Théa Morel e Miguel Anderson Costa, da TV Cidade
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire