Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 2 de outubro de 2020




O Ceará passou das 9 mil mortes em decorrência da Covid-19. Até ontem, 1º, foram registrados 9.047 óbitos pela doença na plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizada às 17h24min. São 242.021 casos da infecção confirmados. O Estado caiu no ranking da taxa de mortalidade da doença por 100 mil habitantes, ficando na 5º posição, conforme o painel Covid-19 no Brasil, do Ministério da Saúde. Há dois meses, o Ceará liderava a lista.


A taxa de mortalidade da infecção no Estado é de 98, mesmo índice no Mato Grosso. Este, no entanto, tem número de óbitos total menor do que o estado cearense. Eles ficam atrás de Distrito Federal (108), Rio de Janeiro (107), Roraima (107) e Amazonas (100). O Ceará, que apresenta tendência de redução da infecção, tem 89.590 casos em investigação e 214.797 pacientes recuperados. Foram realizados 762.371 exames para diagnóstico da patologia.


O epidemiologista Marcelo Gurgel, professor e membro do GT de Enfrentamento à Covid-19 da Universidade Estadual do Ceará (Uece), explica que a taxa de mortalidade reflete o período da doença no Estado. "Pegamos a epidemia no começo. Teve uma velocidade de crescimento muito alta, com pico na primeira quinzena de maio. Cresceu, inicialmente, de forma expressiva em Fortaleza. Quando aumentou no Interior, foi diminuindo na Capital", explica.



Outro fator que influenciou nos altos índices oficiais da Covid-19 no início da pandemia, foi o maior número de exames de diagnóstico ante aos estados, que aumentaram a testagem posteriormente. "Normalmente, a gente trabalha a taxa de mortalidade por ano. Mas, se compararmos mês a mês, o acúmulo é cada vez menor. Está em processo de desaceleração", conclui.


Apesar das diferenças acentuadas do cenário entre estados, o Brasil começa a apresentar sinais de desaceleração nos indicadores da doença. "Não podemos afirmar que a situação já está controlada no Brasil, mas já indica uma queda. Pelas dimensões, é preciso avaliar estado a estado, capital e interior", alerta.


O POVO Online

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire