Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 15 de outubro de 2020

 


Sem receber visitas por conta da pandemia da Covid-19, os 33 idosos acolhidos no Abrigo Sagrado Coração de Jesus, unidade do Complexo Santa Casa de Misericórdia de Sobral, tiveram um dia de alegria e descontração como forma, segundo a administração, de minimizar a saudade de seus familiares e elevar a autoestima dos idosos. Através de um ensaio fotográfico, com direito a decoração, maquiagem e roupas especiais, a ação fez parte da programação da Semana do Idoso, comemorada internamente, há duas semanas.  O resultado fotográfico, no entanto, foi divulgado nesta quinta (14).

Todos os anos, a Semana do Idoso é celebrada cheia de atividades, com presença de público externo, por exemplo, o que foi impossibilitado neste ano devido a pandemia. Sem essa condição, o ensaio foi a forma de garantir um momento diferenciado para eles.

Para resguardar a saúde dos idosos, as fotografias não foram feitas em campo aberto ou no jardim, mas foi preparado um estúdio, contratado uma fotógrafa e foi feita a maquiagem e produção com ajuda dos colaboradores do Abrigo. “Muitos ficaram felizes. Usamos vários acessórios. Até quem não gosta de foto, quando estava arrumando, conversando, deu certo. Saiu sorriso. Alegria”, completa Antônia.  

Maria Lourdes Aguiar Souza, 79, titubeou em participar do ensaio num primeiro momento, até ceder após conversar com a coordenadora.

“E não me arrependi. Fiquei emocionada. Usei um vestido marrom e outro estampado, que mandamos fazer para este momento. Teve maquiagem, unhas, pé e mão”, descreve.  

Para ela, foi um momento que aliviou os últimos meses, que tem sido difícil, sem o contato da família. “Minha família em tempo de ficar doida de saudade. Tenho uma irmã em Portugal, que viria para cá, mas não pôde. Aqui também tenho família. Mas me sinto realizada. Estou doida para eles vejam (as fotos)!”, anima-se Lourdes.  

Sua colega, Marlene Barros, 70, também compartilha desta saudade das pessoas de casa, principalmente seu filho e sua neta, e se emocionou com o ensaio. “Foi maravilhoso fotografar. Vi as fotos e achei que ficou bom, fiquei bonita. Me maquiei, estava de vestido. Gostei demais”, definiu.

“Até quem não gosta de foto, quando estava arrumando, conversando, deu certo. Saiu sorriso. Alegria. Eles viram. Fizemos um momento de vídeo mostrando e eles amaram. Alguns disseram: ‘Isso não sou eu’. Tem outros que choram”, conta a coordenadora do Abrigo.  

Antônia enfatiza que cada semana tem sido diferente, pela esperança que a pandemia acabe, se arrastando há alguns meses. “Hoje estão passando por essa fase e atingiu o psicológico. Acha que vão passar, mas cada dia mostra que não vai. Sentem falta demais da família”, admite. Para minimizar este sentimento, a unidade realiza semanalmente videochamadas entre os idosos acolhidos e seus familiares. “Ainda é uma situação difícil, mas ajuda”, acredita. 

 

 

(Diário do Nordeste)

Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire