Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 7 de outubro de 2020



A policial militar e influencer digital Rafaella Gonçalves, de 38 anos, assassinada nesta segunda-feira (5) no município de Ibotirama, onde residia e trabalhava, tem laços familiares em Juazeiro, onde ainda residem grande parte dos seus familiares.

A policial foi morta a tiros, por volta do meio dia desta segunda-feira (5), pelo também policial, Edson Salvador Ferreira de Carvalho, que era seu esposo e cometeu suicídio após o atentado contra Rafaella.

Os motivos do crime ainda não foram esclarecidos, mas informações da própria polícia dão conta que em julho deste ano Edson teria sido preso por violência doméstica e chegou a cumprir medida protetiva.

O casal tinha duas filhas, de três e sete anos, que não foram atingidas pelos disparos e estão em segurança com familiares.

Rafaella Gonçalves, que era conhecida nas redes sociais como "PM Influencer" tinha uma conta no Instagram com aproximadamente 70 mil seguidores, onde mostrava o dia a dia de uma policial militar na corporação.

A Mãe de Sylvia Rafaella Gonçalves, Carmem Gonçalves, é Juazeirense mas reside a muitos anos em Ibotirama. O pai da policial também tem laços familiares em Juazeiro e Petrolina.

Da redação redeGN/ Fotos divulgação redes sociais

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire