Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 14 de novembro de 2020


 
O ex-juiz do consórcio da "lava jato" em Curitiba fechou um contrato com a Delos Cultural para cuidar da imagem do ministro demitido pelo presidente Jair Bolsonaro. A empresa é um braço da DC Set, empresa de Dody Sirena, empresário de Roberto Carlos. As informações são do colunista Lauro Jardim, de O Globo.


Depois de cumprir a quarentena de sua saída do governo, que terminou no fim de outubro, ele vai voltar aos holofotes. Fechou um contrato para que a Delos desenvolva sua carreira de palestrante para a área corporativa.


A ideia é vendê-lo como "um dos líderes mais influentes do Brasil e do mundo" e "uma referência mundial no combate à corrupção". E que, a partir de agora, Moro vai "contribuir para o aprimoramento da cultura empresarial e cívica do Brasil" em palestras, lives e aulas magnas.


Moro já tem agendadas dez palestras até o fim do ano, além de um seminário que coordenará num banco para falar de compliance.


O comandante da autointitulada "força-tarefa" almoçou com o apresentador de TV Luciano Huck no último dia 30. A ideia é formar uma aliança de direita para a eleição de 2022, como opção ao atual presidente da República, Jair Bolsonaro.


(CONJUR)

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire