Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 10 de dezembro de 2020

 


Cães detectores de drogas da Polícia Federal encontraram, na tarde desta quarta-feira (9), cerca de 582 gramas de haxixe dentro de um carro de brinquedo enviado pelos Correios, em Fortaleza. De acordo com a polícia, o entorpecente foi enviado por uma pessoa do Rio de Janeiro

A apreensão aconteceu quando policiais realizavam fiscalização de rotina para identificar possíveis substâncias entorpecentes distribuídas em encomendas postais. 

Apontado pelos animais, um pacote de presente suspeito foi separado dos demais e levado à sede da Polícia Federal no Ceará para análise da perícia. Ao abrirem o pacote, o haxixe foi encontrado dentro de um carro de brinquedo, confirmando a indicação de material suspeito pelos cães.

Desde o início de novembro deste ano a PF no Ceará vem utilizando cães farejadores com o objetivo de reforçar e auxiliar na fiscalização de combate ao tráfico de drogas no Ceará. A Polícia Federal continua com as investigações com o intuito de identificar a origem, remetente e o destinatário da droga.

Os Cães Detectores de Drogas (CDD), batizados de DEA e INU, respectivamente fêmea e macho, raças pastor alemão e pastor belga malinois, nascidos no canil central da PF em Brasília, foram adestrados para farejar substâncias ilícitas, ainda que em pequenas quantidades. 

O cão INU foi o primeiro a localizar o entorpecente, em seguida, DEA confirmou a suspeita.

 


 

 

(Diário do Nordeste)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire