Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 10 de dezembro de 2020

 


O atacante Robinho e o amigo Ricardo Falco foram condenados nesta quinta-feira (10) pelo crime de violência sexual de grupo na Itália. A segunda instância da Justiça reiterou a pena de nove anos de prisão.

Os advogados do atleta, no entanto, irão recorrer ao tribunal do sistema judiciário - equivalente ao Superior Tribunal Federal (STF) do Brasil. Somente após a terceira instância que uma pessoa pode ser definida como culpado sem nova chance de defesa.

Condição de inferioridade

A condenação dos dois foi baseada no artigo “609 bis” do código penal italiano, que fala da participação de duas ou mais pessoas reunidas para ato de violência sexual, forçando a vítima a manter relações sexuais por sua condição de inferioridade “física ou psíquica”.

A vítima hoje tem 30 anos e compareceu ao tribunal. Robinho e Ricardo optaram por permanecer em solo brasileiro. A condenação por primeira instância ocorreu em novembro de 2017.

 

(Diário do Nordeste)

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire