Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 4 de janeiro de 2021

 


A Justiça do Estado do Ceará ordenou a soltura do sargento da Polícia Militar José Eliomar Nazareno e o ex-PM Wandson Luiz da Silva. A dupla foi presa no dia 5 de novembro de 2020 sob suspeita de extorsão mediante restrição de liberdade. Eles são suspeitos de invadir uma residência, sequestrar um homem e pedir dinheiro à família da vítima. A dupla também é suspeita de integrar um grupo de extermínio com atuação em Fortaleza há pelo menos dois anos.

Apesar da decisão proferida no último dia 15 de dezembro pelo juiz Eduardo de Castro Neto, da 6ª Vara Criminal de Fortaleza, ex-PM permanece preso. Segundo a Controladoria Geral da Disciplina, o ex-PM continua detido por causa de outra ordem judicial. Já para ao sargento foi aplicada uma medida cautelar adversa à prisão. Nazareno é monitorado por tornozeleira eletrônica.

A defesa dos suspeitos não foi localizada pelo G1.

Flagrante

Familiares de uma vítima denunciaram um possível sequestro realizado no bairro Jardim das Oliveiras, em Fortaleza. Homens que se passavam por policiais civis invadiram a casa da vítima e disseram que teriam de conduzi-la para prestar depoimento. Minutos depois, a esposa da vítima recebeu ligação dizendo que o homem só seria liberado após pagamento de uma quantia em dinheiro para o resgate.

O sargento e o ex-PM foram flagrados participando do crime e o dinheiro recuperado.

Decisão

Ao justificar a aplicação da tornozeleira eletrônica, o juiz Eduardo de Castro Neto disse que prazo da prisão preventiva dos suspeitos extrapolou sem haver razão.

"Apesar ter plena certeza da necessidade imperiosa que impulsionou o Ministério Público a enviar autos com dois presos para diligência, não é possível mantê-los no cárcere sem risco de cair em ilegalidade flagrante", segundo o magistrado.

Consta nos autos que a decisão é para assegurar a não interferência dos agentes no andamento das investigações e que eles não se aproximem das testemunhas ou vítimas. O Ministério Público do Ceará aguarda realizações de perícias nas armas apreendidas com os suspeitos.

Nessa terça-feira (29), a Controladoria Geral de Disciplina informou que a Delegacia de Assuntos Internos está concluindo as últimas diligências nos inquéritos que envolvem o sargento e o ex-PM.

"A CGD adotou ainda as providências administrativas para apuração também na seara disciplinar", disse a Controladoria. A investigação acerca do grupo de extermínio que atua na capital cearense segue tramitando sob segredo de Justiça. 

 

 (G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire