Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 27 de janeiro de 2021

 


Pela terceira vez, somente em 2021, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) desativa estufa caseira de maconha. Dessa vez, o fato aconteceu no bairro Cais do Porto, em Fortaleza, onde uma composição do motopatrulhamento da 2ª Companhia do 8º Batalhão da Polícia apreendeu três jarros contendo pés de maconha (Cannabis sativa). Ainda, no mesmo local foram encontradas 26 pedras e 26 gramas de crack, além de uma balança de precisão e material para embalar o entorpecente. A ação policial ocorreu na tarde de hoje, 26. Ninguém foi preso.

Durante patrulhamento de rotina pela área, a composição da PMCE recebeu informes acerca de indivíduos traficando drogas em um beco na Av. Zezé Diogo. De imediato, os policiais militares se deslocaram ao local a fim de verificar a denúncia obtida.

No momento em que chegaram, visualizaram uma casa, aparentemente habitada, parcialmente aberta, mas que não havia ninguém no momento da ocorrência. Ao realizarem uma busca na residência, os agentes de segurança pública localizaram o material ilícito, que foi apreendido e encaminhado ao 9º Distrito Policial para os procedimentos cabíveis.

SAIBA MAIS

Esse é o terceiro laboratório de maconha que a PMCE desativa em janeiro de 2021. O primeiro foi no último dia 19, no bairro Planalto Ayrton Senna, também na capital. O outro foi no dia 21 na Região Metropolitana de Fortaleza, em Caucaia.

 

 

Assessoria de Comunicação da PMCE

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire