Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 29 de janeiro de 2021

 


A Polícia Federal deflagrou operação para combater crimes eleitorais em Catarina, no interior do Ceará, na manhã desta sexta-feira (29). Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Eleitoral, sendo seis em Catarina e três em Fortaleza. Não houve prisão.

A operação apura a prática de oferecimento de valores, cheques, ameaças, propostas de emprego, uso dos cartões do benefício social e de aumento de salário de servidores públicos em Catarina em troca de votos, com influência política e uso de dinheiro público, segundo a Polícia Federal.

Em Fortaleza, houve atuação nos bairros Cocó e José Bonifácio. Computadores, celulares e documentos foram apreendidos.

A ação policial decorre de representação do Ministério Público Eleitoral em Ação de Investigação Judicial Eleitoral. A Polícia Federal não informou os nomes dos alvos.

A suposta compra de votos nas últimas eleições no município de Catarina é apurada em inquérito policial na Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro do Norte.

A pena para o delito de compra de votos é de 1 a 4 anos de reclusão. O nome da operação remete a termo utilizado por um dos investigados, que prometia “tantos mil” em troca de votos. 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire