Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 10 de janeiro de 2021


 

Embora o cenário da pandemia no Ceará seja de ascensão na curva de casos, o titular da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Carlos Roberto Martins, o Doutor Cabeto, acredita que não é possível considerar um novo 'lockdown' no momento. Fortaleza realizou o isolamento rígido em maio, com medidas mais restritivas de tráfego e circulação de pessoas. Foi a terceira capital do país a adotar a medida, depois de Belém (PA) e São Luís (MA).


O Ceará registra 343.887 casos confirmados e 10.137 óbitos da Covid-19, de acordo com a plataforma IntegraSUS atualizada às 19h52 desta sexta-feira (8).


O secretário ressaltou que o Ceará tem uma situação epidemiológica diferente de outros estados. “O Ceará tem uma realidade em que o número de testagens é maior proporcionalmente à população. Então, os nossos números mostram que é possível fazer medidas de forma pontual com mais eficiência. O fato de o estado semanalmente se reunir com a comissão técnica e tomar decisões em cima disso tem propiciado não estabelecer lockdown precoce”, declara Cabeto.


O secretário compara o cenário do Ceará com outros estados, como Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Segundo ele, a princípio, as três unidades da federação vivenciaram cenários menos graves da pandemia, com um número menor de pacientes infectados, e, possivelmente, uma taxa menor de pessoas imunizadas.


G1


Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire